quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

PROIBIDA A ENTRADA DE TOP ROPE

Isso mesmo, eu e Aline tomamos uma decisão, entrar guiando as vias da Praça da Fé, se não, ao menos guiar uma por dia. Temos que trabalhar o psicológico. Estamos evitando ao máximo entrar de tope rope. O que já trouxe resultados. Um 6°sup guiado primeiramente pela Aline e depois por mim.
A guiada da Entre Veias foi interessante, estávamos com o braço bombado e no meu caso o medo de uma queda grande ainda atormenta.
Mas pela primeira vez a chapeleta longe não assustou. Na via, esqueci que guiava por duas vezes, a primeira quando fiz um movimento dinâmico da primeira pra segunda chapeleta, acertando na mosca, digo, na agarra certa.
Aceito alguns centimetros a mais.

Na mosca

Na outra vez, me distanciei de uma chapeleta sem se preocupar com o tamanho da possível queda."Normalmente antes de todo lance difícil há uma chapeleta, mas nas vias de Guarapuava isso acontece poucas vezes, normalmente os lances difícieis estão a mais ou menos um metro da última costura. O pessoal por aqui adora um quedão''.
Mas como nem tudo é perfeito nas duas útimas chapeletas adrenei, achei que não fosse conseguir fazer uma passada, tinha que equilibrar só no pé pra poder costurar. Nessas horas eu queria alguns centímetros a mais. Centímetros que já fizeram falta na saída da via. Eu confesso, tive vontade de desistir, ainda mais quando percebi que Léo (SEG) estava longe de mais da parede. Mas a insistência vinda de baixo foi maior, eu fiquei na via, e ao perceber que Léo havia aproximado da parede e diminuído a barriga da corda arrisquei a passada, esperei pela queda, mas felizmente ela não aconteceu. Ou seria infelizmente?

Lance chatinho
Na última passada da via outro perrengue, eu detesto pular muro, e a passada consistia mais ou menos nisso, com a diferença de ter que pular esse muro com o auxilio quase que exclusivo dos pés. Um regletinho apenas pra equilibrar. Quase desisti de novo. Mas novamente a insistência de baixo foi grande. Fiz a passada sem queda, escalei até a parada. Entre veias guiada, 6° sup.
Alívio - Parada.

Pra comemorar, muita chuva depois da escalada, o que não é novidade quando escalo com Aline.

Aline já na parada da Entre Veias

5 comentários:

  1. hahahha foi o melhor banho de chuva dos ultimos tempos! rs muito bom, valeu a iniciativa nossa e os resultados foram rapidos =D rumo vatapa agora! e a praça que espere por vcias novas! otima parceria!

    ResponderExcluir
  2. hahahha lindasssssssssss ,amigas e muito parceiras de pedra!isso é só o começo.
    isso ae chega d top,agora o negosio é GUIA!!
    beijos meninas tão lindas! KAMONN

    ResponderExcluir
  3. E aih Eliza massa seu Blog naum conhecia!!!
    Escalando bastante hein, guiando, abrindo vias, muito massa parabénsss!!!
    Apareça aqui em saoxico...
    bjs Dani
    ahhh esse eh meu blog www.ecosdamontanha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Parabéns!! Eu fico numa expectativa quando leio suas histórias!! Sempre espero o pior (me refiro à quedas), dessa vez vc superou!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Eliza! Muito bom saber da existência de vcs e do blog! :-) Quando mais mulher, melhor!!!
    Posso linkar do meu pro seu? :-)
    Beijos e KMON nas vias aí!!! :-D

    ResponderExcluir